Principais tendências estratégicas de tecnologia do Gartner para 2022

O Gartner espera que essas 12 tendências de tecnologia atuem como multiplicadores de força do negócio digital e da inovação nos próximos três a cinco anos. Acesse este guia rápido sobre o que são as tecnologias e por que elas são valiosas.

Baixe o e-book

Veja como seus colegas estão colocando as tendências em ação e os próximos passos para a sua organização.

Ao clicar no botão "Continuar", você concorda com os Termos de Uso Gartner e a Política de Privacidade.

Informação de contato

Todos os campos são obrigatórios

  • Etapa 2 de 3

    Ao clicar no botão "Continuar", você concorda com os Termos de Uso Gartner e a Política de Privacidade.

    Company Information

    Todos os campos são obrigatórios

    Type company and location
    Optional Optional
  • Etapa 3 de 3

    Ao clicar no botão "Enviar", você concorda com os Termos de Uso Gartner e a Política de Privacidade.

    Anualmente, o Gartner identifica tendências de tecnologia fundamentais para os negócios. Em 2022, a lista abrange 12 tendências estratégicas que permitirão que os diretores executivos entreguem crescimento, digitalização e eficiência e posicionem diretores de informação (CIOs) e executivos de TI como parceiros estratégicos na organização. 

    “Os diretores executivos sabem que precisam acelerar a adoção do negócio digital e estão buscando rotas digitais mais diretas para conectar-se aos clientes,” diz David Groombridge, vice-presidente analista, Gartner. “Mas de olho em futuros riscos econômicos, eles também querem ser eficientes e proteger margens e fluxo de caixa.” (Para saber mais sobre o valor estratégico dessas tendências, veja abaixo.)

    Quais são as 12 principais tendências de tecnologia estratégicas para 2022 e por que são valiosas?

    • Tendência 1: Malha de dados
    • A malha de dados oferece uma integração flexível e resiliente de fontes de dados entre plataformas e usuários empresariais, tornando os dados disponíveis em qualquer lugar em que eles forem necessários, independentemente de onde estiverem.

      A malha de dados pode usar análise para aprender e recomendar ativamente onde os dados devem ser usados e alterados. Isso pode reduzir os esforços de gestão de dados em até 70%.


    • Tendência 2: Rede de segurança cibernética
    • A rede de segurança cibernética é uma arquitetura flexível e composível que integra serviços de segurança amplamente distribuídos e díspares.

      A rede de segurança cibernética permite que soluções de segurança independentes e de alta qualidade trabalhem juntas para melhorar a segurança geral, aproximando os pontos de controle dos ativos que foram criadas para proteger. Com rapidez e confiabilidade, ela pode verificar a identidade, o contexto e o cumprimento de políticas em ambientes de nuvem ou não.


    • Tendência 3: Computação para aumento da privacidade 
    • A computação para aumento da privacidade protege o processamento de dados pessoais em ambientes não confiáveis, cada vez mais essencial devido à evolução das leis de proteção de dados e de privacidade, bem como às crescentes preocupações do consumidor.

      A computação para aumento da privacidade utiliza uma variedade de técnicas de proteção à privacidade para permitir que seja extraído valor dos dados ao mesmo tempo em que os requisitos de conformidade são atendidos.


    • Tendência 4: Plataformas nativas na nuvem 
    • Plataformas nativas na nuvem são tecnologias que permitem criar novas arquiteturas de aplicativos resilientes, elásticas e ágeis, capacitando a resposta à rápida mudança digital.

      Plataformas nativas na nuvem melhoram a tradicional abordagem lift-and-shift à nuvem, que não aproveita os benefícios da nuvem e acrescenta complexidade à manutenção. 


    • Tendência 5: Aplicativos composíveis
    • Aplicativos composíveis são criados a partir de componentes modulares centrados no negócio.

      Aplicativos composíveis tornam mais fácil usar e reutilizar código, acelerando o tempo de lançamento no mercado para novas soluções de software e liberação de valor empresarial.


    • Tendência 6: Inteligência de decisão 
    • Inteligência de decisão é uma abordagem prática para melhorar a tomada de decisões organizacional. Ela modela cada decisão como um conjunto de processos, usando inteligência e análise para informar, aprender e aprimorar decisões.

      A inteligência de decisão pode dar suporte e aprimorar a tomada de decisões e, possivelmente, automatizá-la por meio do uso de análise aumentada, simulações e IA.


    • Tendência 7: Hiperautomação
    • Hiperautomação é uma abordagem disciplinada, voltada para os negócios, para rapidamente identificar, verificar e automatizar o maior número possível de processos de TI e de negócios.

      A hiperautomação permite escalabilidade, operação remota e inovação do modelo de negócios.


    • Tendência 8: Engenharia de IA
    • A engenharia de IA automatiza atualizações de dados, modelos e aplicativos para otimizar a entrega de IA.

      Combinada com uma sólida governança de IA, a engenharia de IA operacionalizará a entrega de IA para garantir seu valor comercial contínuo.


    • Tendência 9: Empresas distribuídas
    • Empresas distribuídas refletem um modelo de negócios que prioriza o remoto e o digital para melhorar as experiências do funcionário, digitalizar pontos de contato com consumidores e parceiros e construir experiências de produtos.

      Empresas distribuídas atendem melhor às necessidades de funcionários e consumidores remotos, que estão alimentando a demanda de serviços virtuais e locais de trabalho híbridos.


    • Tendência 10: Experiência total
    • Experiência total é uma estratégia de negócios que integra experiência do funcionário, experiência do cliente, experiência do usuário e múltiplas experiências em vários pontos de contato para acelerar o crescimento.

      Experiência total pode gerar mais confiança, satisfação, fidelidade e defesa do cliente e do funcionário por meio da gestão holística de experiências das partes interessadas.


    • Tendência 11: Sistemas autônomos
    • Sistemas autônomos são sistemas de software ou físicos autogeridos que aprendem com seus ambientes e modificam dinamicamente seus próprios algoritmos em tempo real para otimizar seu comportamento em ecossistemas complexos.

      Os sistemas autônomos criam um conjunto ágil de recursos de tecnologia capaz de dar suporte a novos requisitos e situações, otimizar o desempenho e defender contra ataques sem intervenção humana.


    • Tendência 12: IA geradora
    • IA geradora aprende sobre artefatos a partir de dados e gera novas criações inovadoras que são semelhantes ao original, mas não o repetem.

      IA geradora tem o potencial de criar novas formas de conteúdo criativo, por exemplo, vídeo, e acelerar ciclos de P&D em áreas que vão da medicina à criação de produtos.

    Como as tendências de tecnologia impulsionam o negócio digital

    As principais tendências estratégicas de tecnologia acelerarão os recursos digitais e gerarão crescimento resolvendo desafios comuns de negócios para diretores de informação e executivos de tecnologia. Elas oferecem uma diretriz para diferenciar a sua organização das outras, alcançando objetivos de negócios e posicionando diretores de informação e executivos de TI como parceiros estratégicos na organização. 

    Cada uma apresenta um de três principais resultados:

    1. Construir confiança: Tecnologias nesse segmento criam uma base de TI mais resiliente e eficiente, assegurando que os dados sejam integrados e processados com mais segurança em ambientes na nuvem ou não, para fornecer um dimensionamento econômico da base de TI.

    2. Moldar a mudança: Ao lançar as soluções criativas de novas tecnologias nessa área, você pode dimensionar e acelerar a digitalização da sua organização. Essas tendências de tecnologia permitem responder ao ritmo crescente da mudança, criando aplicativos mais rapidamente para automatizar as atividades de negócios, otimizar a inteligência artificial (IA) e capacitar a tomada de decisões mais rápidas e inteligentes.

    3. Acelerar o crescimento: Ao capitalizar as tendências de tecnologia estratégicas neste segmento, você libera os multiplicadores de força de TI que ganharão negócios e participação de mercado. Juntas, essas tendências permitem maximizar a geração de valor e aprimorar os recursos digitais.

    Assista agora e veja como as três tendências: IA geradora, rede de segurança cibernética e inteligência de decisão impulsionam a mudança estratégica.

    Perguntas mais comuns sobre as principais tendências estratégicas de tecnologia

    Como o Gartner seleciona suas principais tendências estratégicas de tecnologia a cada ano?

    Selecionamos as principais tendências de tecnologia de acordo com as prioridades dos diretores executivos para suas organizações e as demandas de tecnologia resultantes que chegam aos diretores de informação e líderes de TI.

    Baixe o e-book e veja como seus colegas estão colocando essas tendências em ação e os próximos passos para a sua organização. 

    Como as organizações podem usar a lista das principais tecnologias?

    Diretores de informação e executivos de TI devem usar essas tendências para analisar como suas organizações precisam evoluir a implementação e as adoções de tecnologias nos próximos três a cinco anos.

    Como as tendências de tecnologia afetarão o negócio?

    As organizações que adotam e planejam de acordo com essas tendências criarão diretrizes de longo prazo para um crescimento dos negócios sustentável e confiante.

    Como essas inovações afetarão as organizações a longo prazo?

    Algumas dessas inovações representam recursos técnicos básicos necessários para competir em um mundo digital, enquanto outras fornecem recursos voltados para os negócios para ficar à frente da concorrência.

    Como podemos melhor identificar tecnologias e tendências candidatas no suporte à resiliência operacional e mudança do modelo de negócios?

    Líderes de TI ocupam uma posição ideal para determinar se as tendências e interrupções são uma ameaça ou uma oportunidade. Eles podem perceber a mudança empresarial usando seu conhecimento do negócio e da tecnologia para entender o impacto das tendências sobre suas organizações.

    De que modo podemos fundir a avaliação de tecnologias emergentes dentro do contexto mais amplo de tendências não tecnológicas e considerar as tendências políticas, econômicas, sociais, legais e ambientais mais amplas?

    análise Gartner TPESTRE fornece uma estrutura para avaliar todos os tipos de tendências. Ela permite que os líderes de TI integrem um entendimento de impactos mais amplos ao seu planejamento de tecnologia.

    Quais são as tendências de tecnologias emergentes e estratégicas mais impactantes?

    Diferentes tendências impactarão organizações distintas de formas distintas. Com uma integração firme entre a maioria das tendências, combinações variadas de tecnologias são provavelmente necessárias para competir em diversos momentos no ciclo de crescimento dos negócios. Selecionar as tendências prioritárias dependerá de diretores de informação e líderes de TI entenderem os objetivos de negócios estratégicos a curto prazo de suas organizações.

    Trabalhe conosco

    Saiba como você pode trabalhar
    individualmente com o Gartner para alcançar suas metas.